maternidade, SAÚDE

Piolho em crianças, como combater?

Os piolhos em crianças é algo muito comum, principalmente em idade escolar, e não está relacionado com falta de cuidados ou higiene com os pequenos. A forma mais comum se de pegar os temíveis piolhos, é através do contato com outra criança ou adulto que tenha piolho.

A coceira constante, é o sinal mais comum e foi assim que percebi que o Guel estava com piolho e consequentemente, o Tokos também estaria, embora não estivesse coçando a cabeça. O primeiro ato é ir a caça dos bichinhos, e não demorei muito para achar o primeiro.

• Hora de combater

_ O pente fino

Optei pelo pente de aço inox, por ser mais resistente e mais eficaz. Com esse pente, consegui não só tirar os piolhos, mas também as lêndeas. Não recomendo o pente de plástico, pois, além de não pegar as lêndeas, com o uso frequente, o dente entorta e algum “boizinho” acaba escapando.

_ Receita caseira: Vinagre e enxaguente bucal

Passar vinagre, ajuda no combate das lêndeas. Basta passar nos cabelos umidos. Coloque uma touca de banho (pode ser esses saco plástico) e deixe agir por 30 min e depois lave com shampoo de sua preferência. Finalize, penteando com o pente fino (de preferência, inox)

Passe o enxaguante bucal, em todo o cabelo e depois cubra o cabelo com a touca de banho e deixe agir por 30 min e lave com shampoo de sua preferência. Finalize com o pente fino.

_ Sabonete e Shampoo para piolho

Comprei um sabonete e uma loção, própria para crianças e adultos, para prevenção e combate aos piolhos e lêndeas, uso no início das aulas e no volta às aulas.

O recomendável é fazer todo o processo, constantemente. A cabeça fica dolorida, os pequenos não tem paciência para ficar sentadinhos, mas é um trabalho de requer paciência, de ambas as partes. Não podemos descuidar, pois, da cabeça das crianças, pode migrar para a cabeça dos pais.

• Processo de ovulação

Os piolhos também tem suas fases e passam por três estágios de desenvolvimento. A fêmea coloca seus ovos (lêndeas, primeiro estágio), e de 7 à 10 dias depois, esses ovos liberam as ninfas (mini piolho, segundo estágio), e de 9 à 12 dias depois, as ninfas chegam à fase adulta. Nesse estágio, os piolhos vivem cerca de 30 dias e vão se alimentar com sangue e acasalar, reiniciando o ciclo.
(Fonte: Wikipedia)

Obs: Busque orientação do seu pediatra, para melhor auxílio. Não utilize nenhum medicamento por conta própria.

Espero ter ajudado, se houver dúvidas, alguma sugestão ou queira compartilhar sua experiência, é só deixar nos comentários.

25 comentários em “Piolho em crianças, como combater?”

  1. Eu lembro de ter tido piolho 2 vezes, e ambas foi difícil de acabar haha mas minha mãe usava essas mesmas técnicas.
    Cada caso é um caso, e acredito que um desses será efetivo!

    Curtir

  2. Já passei por isso, uma vez eu tive na adolescência, depois meus filhos na escola, enfim, é chato mas tem remédios pra curar, eu prefiro os caseiros, usei vinagre nos meus filhos. Bjs (•‿•)

    Curtir

  3. oi!
    Verdade! Toda criança em fazer escolar pega piolho, é muito difícil escapar. Eu adorei essa receita caseira, ja anotei aqui 😉

    Curtir

  4. Nossa adorei suas dicas
    Temos que cuidar da cabecinhas de nossas crianças. Super importante. Já vou passar para outras mães. Bjs

    Curtir

  5. Este foi o primeiro ano que apareceu piolho na turma da escolinha da minha filha, ela não pegou mas corremos para ver shampoo.
    No próximo ano acho que vou usar este método de sempre passar os produtos antes de iniciar as aulas.

    Curtir

  6. Não sou mãe, mas adoro acompanhar blogs que falem sobre maternidade justamente por ser filha de mãe solo.
    Inclusive, sou estudante de Psicologia e me apaixonei por autores que falam sobre infância e relação materna! ❤ Adorei o post e vou guardar caso eu conheça alguém que precise haha ❤

    beijocas!
    perdendoacensura.blogspot.com

    Curtir

  7. Piolho em criança é um problemão, além de ser muito incômodo para os pequenos. Suas dicas são preciosas, com certeza serão super úteis para muitas mamães.

    Curtir

  8. Ótimas dicas. Passei por isso na infância, tinha muito cabelo quando pegava era difícil cuidar mas minha Mamis, utilizava algumas das suas dicas também. Ah…Mais uma funcionalidade para o vinagre, que maravilha. Não tem desculpa para não cuidar da cabeça dos pimpolhos.

    https://isabelcamaribe.blogspot.com

    Curtir

  9. Tem coisa pior que isso? Ninguém merece! Na infância, passei por essa fase, mas por ter cabelos ralos e finos, pegava, mas pra tratar era mais fácil. No entanto minhas duas irmãs…não foi igual foi comigo, elas tinham cabelos volumosos e minha mãe sofria pra cuidar delas.
    Amei as dicas! Obrigada por compartilhar. Bjos

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s